Gerador de OZÔNio

O ar que respiramos contem aproximadamente 20 % de oxigênio, é representado na química como O2, que significa que existem dois átomos de oxigênio ligados. O ozônio é uma combinação molecular dos átomos representadas na química como O3, isso significa que existem 3 átomos de oxigênio ligados.

Para a criação do ozônio é preciso que haja uma faísca no ar semelhante a de um relâmpago. No gerador de ozônio fabricado pela LEONIL, é criado uma centelha elétrica através de um circuito eletrônico produzindo assim o ozônio. A centelha criada forma um arco voltaico no ar liberando

energia = O2+energia->O+O A molécula de oxigênio energizada por um arco é dividido em dois átomos de oxigênios livres-

O+O2+M->3.

O Oxigênio quando fica livre procura uma outra molécula de oxigênio e uma outra molécula qualquer para serem transformadas em Ozônio.

1- Ozônio Ligado.
2-Gerador no máximo.
3-Desgelo do condensador.
4-Ventilador ligado.
5-Luz do display.
6-Controle fora de alcance.
7-Display.
8-Regulagem automática do ventilador.
9-Temperatura.
10-posição do fluxo de ar.
11-temporizador.
12-Relógio.
13-Liga/Desliga.
14-Regulagem para cima.
15-Regulagem para baixo.
16- Modo do programa.
17-Relógio.
18-Ventilador.
19-Hibernar.
20-Balanceador de programa.
21-Pilha palito.
22-Regulagem horas adiante.
23-Regulagem horas atrasa.
24-Regulagem quente.
25-Salva a programação.
26-Zera toda a programação.

DESENVOLVEMOS GERADORES DE OZÔNIO DE MAIORES POTÊNCIAS E CAPACIDADES PARA OUTRAS APLICAÇÕES

CONTATO:

LEONIL Indústria Mecatrônica Ltda.

Rua General Osório nº 870 Camanducaia MG CEP: 37.650-000

Telezap: (11) 93148-0980

E-mail: leonil@leonil.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Tecnologia do Ozônio